quarta-feira, fevereiro 21, 2007



PernasMeiasRedeRedes
PrisãoSufocoEscuroReceio


PararEsperarFicarFugir
ArejarIluminarEnfrentar




2 comentários:

Trolha disse...

Não entendi nada do poema.
Mas achei-o bonito.

Das pernas entendi e gostei muito.



Fora do sítio???
Eehhhhhhhhh
Agora «ta em su sítio»?

luz branca disse...

São palavras, ideias soltas. Não é um poema. :)