sábado, janeiro 13, 2007

Quando começa a vida humana?

" Do ponto de vista científico, não é possível dizer quando se inicia a vida humana, somente do ponto de vista religioso,moral ou teológico."
É preciso ter consciência disto.
"... não seria crime interromper a vida enquanto não está formado o sistema nervoso central."
"Entre a fecundação e a chegada ao útero, 30 a 40% dos embriões iniciais desaparecem. São vidas humanas que seperdem. Alguém comunica à sociedade que se perderam essas vidas humanas?"
"Que valor tem a eliminação espontânea?"
Albino Aroso, médico; ganhou o Prémio Nacional de Saúde; é também o "pai" do planeamento familiar em Portugal.
in JN- 13/01/2007

Esquecem-se alguns que a pílula do dia seguinte e métodos contraceptivos como algumas pílulas e o dispositivo intra-uterino (DIU) também impedem que após a fecundação ocorra nidação do óvulo nas paredes do útero.
Há, portanto, e independentemente da alteração ou não da lei, muitas eliminações de embriões quer espontâneas quer provocadas quimicamente.

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
luz branca disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Moralmente sou pelo "SIM", pela não penalização, desde que a interrupção seja até às 10 semanas... contudo também não posso deixar de pensar que quando amado, o embrião, desde cedo quando ainda é apenas uma centena de células indiferenciadas, preenche já todo o nosso ser... invade-nos em sonhos, em esperanças, em antevisões, projecções... Enfim... a vida não é justa... é a criança que sai sempre a perder... ou porque afinal nunca chegará a sê-lo... ou porque o será sem ser amada...